segunda-feira, 19 de junho de 2017

As crises vão na bagagem de Temer



“O governo temer morreu, mas esqueceu de deitar”.
O presidente da república Michel Temer, vaja hoje para a Federação Russa e leva na sua bagagem um pacote de crises - que não lhe deixarão usufruir e curtir essa viagem ao norte da Eurásia. Uma viagem que mais parece um tour turístico planejado para aliviar a cabeça de Sua Excelência o presidente.  

Essa viagem de Temer, tem o objetivo de afastá-lo da boca do vulcão e de uma zona de constante turbulência, como que para fugir de problemas inevitáveis. Ledo engano do presidente e do seu entourage. É que os problemas brasileiros seguirão com ele.

Temer nessa sua viagem deve visitar os Montes Urais, a Yasnaya Polyana, os museus de São Petersburgo, o Lago Bakai e estação de esqui de Sóchi, mas, não se desligará dos monumentais problemas brasileiros que o aflige.

Não há nenhum exagero em afirmar que a permanência de Temer no poder, deve-se ao desinteresse do PSDB e do PT por um resto de mandato. O PT no fundo torce para que Temer continue sangrando e que o seu governo seja concluído aos trancos e barrancos. Esse é o cenário ideal para os petistas.
Postar um comentário