segunda-feira, 19 de junho de 2017

.É preciso renovar para oxigenar a política piauiense



A política piauiense é uma das mais atrasadas em todo o país. Para que possamos comprovar isso, basta observamos o número de mandatos que detém a maioria dos parlamentares, sejam eles estaduais ou federais. Tem parlamentar com quase dez mandatos consecutivos. 
  
O governador Wellington Dias, em 2018 vai tentar o seu quarto mandato, só não são mandatos consecutivos, porque a legislação eleitoral brasileira ainda não permite que o político se eleja para um terceiro mandato consecutivo.

O prefeito de Teresina, o tucano Firmino Filho (PSDB), no fim do seu quarto mandato, acumulará no seu currículo 16 anos de mandato e o seu partido já está no poder na capital piauiense há mais de um quarto de século. 
 
O deputado estadual Themístocles Filho é um verdadeiro fenômeno da política piauiense, por já estar no seu oitavo mandato consecutivo, sendo que um deles é de vereador de Teresina. Como presidente da Assembleia Legislativa, esse parlamentar já está no seu sexto mandato. 

A política piauiense é dominada por elites políticas que há mais de 50 anos se alternam no poder. Na Assembleia Legislativa, menos de 5% dos deputados tem menos de dois mandatos.  

Renovar e oxigenar a política é preciso e é  urgente.
Postar um comentário